Pular para o conteúdo
Home > Como trabalhar bem financeiramente

Como trabalhar bem financeiramente

Existem várias maneiras de trabalhar bem financeiramente. Entre eles estão estabelecer metas financeiras, alinhar suas despesas com sua receita, investir e fazer o orçamento. Seguir estes passos irá ajudá-lo a alcançar seus objetivos financeiros. Abaixo estão listadas algumas dicas úteis para começar. Se você quiser saber mais sobre esses métodos, continue lendo! Discutiremos algumas das etapas mais importantes a serem seguidas para atingir suas metas financeiras. Mas antes de começarmos, vamos dar uma olhada em algumas das maneiras mais comuns de alcançar a estabilidade financeira.

Estabelecimento de metas financeiras

Ter um conjunto de metas financeiras mensuráveis ​​é crucial para trabalhar bem financeiramente. Sem objetivos claros, não podemos definir prioridades e focar nossos esforços. Sem objetivos financeiros, podemos facilmente nos distrair com outras atividades e atividades. Definir metas financeiras nos força a focar no que é mais importante para nós e elimina a tentação de buscar outras atividades e atividades. Também nos força a tomar decisões difíceis que podem ter um impacto negativo em nosso bem-estar financeiro geral.

Um orçamento é uma ferramenta essencial para atingir seus objetivos financeiros. Fazer um orçamento é uma tarefa assustadora, mas ajudará você a trabalhar para alcançá-los. Para começar com um orçamento, escolha um horário em que seja menos provável que você seja interrompido por outras atividades. Além disso, faça um orçamento o mais simples possível. Depois de ter um orçamento, você pode dedicar algum tempo a cada semana para revisá-lo e acompanhar seu progresso.

Como trabalhar bem financeiramente.

Você deve definir metas financeiras de curto e médio prazo. Metas de curto prazo são alcançáveis ​​dentro de um ano. Uma meta de médio prazo, por outro lado, deve ser de dois a cinco anos. Essas metas levam mais tempo para serem alcançadas do que as de curto prazo, mas agem como ganhos rápidos em seu plano financeiro geral. Depois de definir uma meta de curto prazo, é hora de definir uma meta de médio prazo, que é alcançável em dois a cinco anos. Ele atua como uma ponte entre os objetivos de curto e longo prazo.

Antes de definir suas metas financeiras, é importante considerar sua vida e como você gostaria de vivê-la. Imagine a vida que você quer viver em três anos e faça uma estimativa realista de quanto dinheiro você precisa para comprá-la. Seus objetivos financeiros dependerão de muitos fatores, como o custo de vida. No entanto, você deve estar ciente de todas as suas opções financeiras. Faça um orçamento e planeje suas finanças.

Por fim, crie uma meta financeira de longo prazo. Um objetivo de longo prazo pode ser pagar sua hipoteca, comprar uma casa ou pagar seus empréstimos estudantis. Um objetivo financeiro de curto prazo pode ser economizar para um adiantamento ou iniciar um negócio. No entanto, se você estiver trabalhando para alcançar esses objetivos, lembre-se deles. Além disso, é uma boa ideia anotar as férias dos sonhos ou um período sabático prolongado.

Investimento

Investir é uma boa maneira de construir riqueza e atingir seus objetivos financeiros. Requer um compromisso de longo prazo de tempo, dinheiro e força psicológica. A maioria dos americanos investe em seus planos 401(k), 403(b) ou IRA por meio do trabalho ou se inscreve em outros planos de aposentadoria. Antes de investir, desenvolva uma estratégia. Determine quanto dinheiro você pode perder, quanto risco você está confortável em assumir e quanto tempo você pode esperar para manter um investimento.

A melhor maneira de investir é diversificar. Diversificar seu portfólio permite que você gerencie riscos e construa riqueza ao longo do tempo. Embora as ações sejam frequentemente comentadas, você deve evitar vincular seu futuro financeiro a um único mercado ou empresa. Você deve investir em uma variedade de ativos, como private equity, capital de risco, metais preciosos, commodities e imóveis. Diversificar seu portfólio é crucial para sua segurança financeira futura.

Orçamento

O objetivo do planejamento financeiro é construir economias, mas o orçamento não é apenas economizar dinheiro. Ele ajuda você a ver onde está gastando seu dinheiro hoje e a ajustar seu plano de gastos conforme necessário. Quando você planeja um orçamento, pelo menos 60% de sua renda deve ser destinada às despesas essenciais, como hipoteca ou aluguel, pagamentos de carro, creche e mantimentos. Você pode ajustar seu plano de gastos conforme necessário, mas a regra básica é que você não deve gastar mais do que ganha.

É vital que você entenda seus hábitos de consumo. Algumas despesas são fixas, enquanto outras são variáveis. O objetivo é saber quanto dinheiro extra você tem a cada mês e como priorizar esse dinheiro. Há algumas maneiras de fazer isto. Se você é casado, pode ter um parceiro ou outra pessoa significativa para verificar seu progresso a cada poucos meses. Se você é solteiro, encontre alguém para verificar seus hábitos de consumo. Você pode discutir seu orçamento e pensar em maneiras de cortar seus gastos ou obter renda extra. Lembre-se de comemorar suas pequenas vitórias.

Como trabalhar bem financeiramente.

Os benefícios do orçamento vão além de controlar seu dinheiro. Ao definir uma meta, você será forçado a considerar para onde está indo seu dinheiro. Você provavelmente perceberá que está gastando em coisas que não precisa. Isso pode ajudá-lo a economizar mais dinheiro ou até mesmo pagar dívidas. O orçamento é a base da gestão financeira adequada e deve ser feito religiosamente. Você pode ganhar a vida vivendo com um orçamento apertado e economizando dinheiro para emergências.

Outra chave para construir um orçamento forte é cortar seus gastos variáveis. Se você tem uma renda fixa, é vital cortar despesas que não são fixas, como comer fora toda semana. Usar um cartão de crédito para cada refeição pode acabar custando US $ 300 a cada trimestre. Se você estiver comendo fora com frequência, embalar seu almoço reduzirá os custos do almoço pela metade. Você também pode definir limites de gastos para ajudá-lo a controlar seus gastos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.